[Resenha] Fogo - Maya Banks



Titulo: Fogo
Titulo Original: Burn
Série: Breatlhless #3
Autora: Maya Banks
Editora: Leya (Quinta Essência)
Páginas: 352
ISBN: 978-8580449136
Gênero: Romance erótico; Romance; Ficção; Literatura Estrangeira
Comprar: Amazon|Saraiva|Submarino


Sinopse: Ash, Jace e Gabe: três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conseguir tudo o que querem. Absolutamente tudo. 

O que Ash procura é uma mulher que mude o que ele sabe sobre desejo e dominação. Quando se trata de sexo, Ash McIntyre sempre explorou seu lado mais selvagem - extremo e sem compromisso. Ele exige estar no controle. E prefere mulheres que queiram as coisas desse jeito. Inclusive as que ele dividiu com seu melhor amigo, Jace. Mas Jace está envolvido com uma mulher que não pretende dividir. E até mesmo Gabe está em um relacionamento no qual tem tudo de que precisa, deixando Ash com uma sensação de cansaço e vazio. 

É então que Ash conhece Josie, uma mulher que aparenta ser imune aos seus encantos e à sua riqueza. Intrigado, ele dá início a uma perseguição implacável, determinado a não deixar que ela seja a primeira a escapar. Ele jamais poderia imaginar que a primeira mulher a lhe dizer 'não' seria também a única a levá-lo aos limites do desejo. 

A série que já começou me decepcionando, terminou como esperado: me decepcionando mais ainda. Se o primeiro livro foi aquelas aceitações incabíveis da mocinha que acabou com o livro, o segundo teve lá os seus momentos que arrancaram fôlegos do leitor com a trama, o terceiro não teve nenhuma dessas coisas. Foi um enredo esperado, o mocinho mandão encontra uma submissa, leva ela pra casa, a protege, eles se separam em algum momento e voltam. Mas esse clichê não é o problema, pelo contrário eu gosto muito! Mas é que o livro não tinha um embasamento, eu vou explicar direito mais no decorrer da resenha e vocês vão entender o que eu realmente quero dizer.
Ash, junto com seus dois melhores amigos, Jace e Gabe formam o grupo de homens mais ricos e poderosos do país. Diferentemente dos dois amigos que tem contato com a família, Ash foge da sua família, evita reuniões de família e de estar na presença deles em qualquer outra ocasião. A família dele também não faz questão de o contatar, afinal eles não gostam nada do fato de que Ash conquistou fortuna e poder totalmente independente. 
Sua família é Jace, Gabe e Mia - e agora Bethany, a noiva de Jace. Com seus dois melhores amigos em relacionamentos muito bem consolidados, Ash começa a sentir um certo sentimento de solidão. E é quando ele conhece Josie, uma artista que parece estar totalmente imune aos encantos de Ash, e claro como um homem totalmente acostumado a ter tudo o que quer, ele vai atrás dela. 

Eu me decepcionei com esse livro em diversos aspectos, senti falta de algumas resoluções de conflitos do Ash com a família dele, por mais que tenha tido a participação da irmã dele e algumas da mãe, eu senti falta de um aprofundamento melhor nessa questão, ficou tudo muito por cima. Outra coisa que eu me decepcionei foi com a Josie, ela é uma mocinha bem forte e tal, mas ela já tem um histórico de submissão com o seu antigo relacionamento e faltou uma explicação de o porque ela gostar tanto desse tipo de relação de dominação e submissão, realmente acho que a Maya deixou muito a desejar nesse aspecto, ela não explicou esse fato e isso me deixou bem decepcionada com o livro.
Quando eu falei da falta de embasamento do livro era exatamente isso, sabíamos o porque do Ash gostar de ser dominador, mas não entendemos o porque da Josie gostar de ser submissa, não tivemos nem sequer um ''eu gosto porque é legal''. Ela simplesmente saiu de uma relação que não tinha tanta dominação para uma na qual ela era totalmente submissa. Acho que esses ''porque'' dos personagens estarem ali, naquela relação, naquele modo de se relacionar é importante, serve para nos dar uma ideia maior das características dos personagens e nos dar uma maior visão sobre a história.
Eu não sentia nenhum impulso para terminar a leitura, tinha momentos que eu estava lendo no piloto automático, de tão maçante que foi. A verdade é que eu só não abandonei a leitura porque era o último da série. 
Quem já leu algo da Maya sabe que ela escreve super bem, infelizmente os seus enredos não conquistam muito. Como esse meu primeiro contato com a Maya foi tão decepcionante eu não sei se seria provável eu ler alguma outra série dela, nem sequer as de época. É como aquele ditado ''a primeira impressão é a que fica'' e mesmo se um dia eu voltar a ler a Maya, ela vai ta sempre fichada por essa série.
Fogo, terceiro livro da série Breathless, foi um desfecho esperado. Mas mesmo assim acabei me surpreendendo com o quão decepcionante foi a história, realmente achei que o drama da família do Ash iria ser mais explorado, nunca imaginei que daria uma classificação tão ruim para esse livro. 


Leia as outras resenhas da série:


Já concluída








0 comentários:

Postar um comentário