[Resenha] Obsessão - Maya Banks



Titulo: Obsessão
Titulo Original: Rush
Serie: Breathless
Autora: Maya Banks
Editora: Quinta Essência
Páginas: 384
ISBN: 9788580447903
Gênero: Romance Erótico; Romance; Ficção: Literatura Estrangeira

Sinopse: Gabe, Jace e Ash são três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conquistar tudo o que querem... Para Gabe, tudo significa realizar uma fantasia particular com uma mulher que era um fruto proibido – e que agora está pronta para ser colhida. Quando ele viu Mia Crestwell entrar no salão na inauguração de seu hotel, sabia que iria para o inferno... Afinal, Mia é irmã de seu melhor amigo. Contudo, não é mais uma menininha. E Gabe já esperou muito tempo para colocar seus desejos em prática. Mia sabe que Gabe é como um sonho inalcançável, mas sua atração só fez aumentar ao longo do tempo. Agora ela é adulta, e não há motivo para não agir de acordo com seus desejos mais secretos...

Esse foi o primeiro livro da Maya Banks que eu li, e mesmo com os comentários negativos sobre a série Breathless, eu a encarei. As sinopses dos livros - principalmente a do segundo da série, Delírio - me conquistaram, gosto dessa pegada erótica, amigos que não querem se apaixonar e então se veem com ciúmes da mulher que está com ele. Mas infelizmente os livros não corresponderam muito as minhas expectativas. A trilogia Breathless conta a história dos três amigos Gabe, Jace e Ash, três homens ricos e poderosos, donos de uma empresa de uma cadeia de hotel. Dado ao poder deles, os três amigos estão acostumados a ter o que querem, claro que não sem lutarem, mas eles sempre conseguem.
O primeiro livro da série conta a história de Gabe Hamilton e Mia Crestwell, irmã mais nova de seu melhor amigo e sócio, Jace. 
Gabe sempre foi o protagonistas dos desejos de adolescente de Mia, como melhor amigo do seu irmão mais velho, ela sabia que nunca que Gabe lhe daria bola, ele era muito mais velho e experiente que ela, nunca que iria deixar suas conquistas por ela. Em uma noite numa festa da empresa, a atenção de Gabe é totalmente tomada por uma Mia espetacular, naquela noite Gabe esquece que ela é a irmã mais nova do seu melhor amigo e o desejo fala mais alto, levando a um canto e a beijando. E ainda melhor a fazendo um convite: ele lhe esperava no outro dia em seu escritório. Claro que Mia prontamente aceitou, ela esperava ansiosamente o momento que Gabe a beijasse. Ela tinha esperanças que suas fantasias de adolescente poderiam se realizar.
Mas parece que o Gabe que Mia fantasiou, era apenas isso: uma fantasia. O Gabe de verdade nunca a levaria para uma noite romântica, nunca a cobriria de carinhos. O Gabe de verdade não é romântico ou carinho, pelo contrário...
Depois do fracasso que foi seu primeiro casamento, Gabe agora toma sérias medidas em seus relacionamentos, mais precisamente essas medidas são esclarecidas por meio de um contrato, onde ele expõe suas preferências e o principal é a confidencialidade. Toda essa história de contrato assusta Mia no início, mas depois a ideia a excita e a atrai, afinal ela ia ter Gabe. 
E nessa relação que se inicia com um contrato, o mais importante é o desejo que um sente pelo outro. Mas no decorrer do tempo, essa relação vai mostrar aos dois, principalmente ao Gabe, o que é amor de verdade.

Antes de ler o livro eu já imaginava que o Gabe ia ter uma personalidade dominante, pela descrição dele na sinopse já se tem uma noção desse ar dominador que ele tem. O problema é que eu tenho certas dificuldades com histórias que tem um dominador, não por ele, chega até deixar a história mais interessantes em certos momentos, mas a principal dificuldade que tenho em ler livros assim é aceitar o papel de submissão da mocinha, não que ela tenha que ser uma lutadora e que se exploda o mundo ou coisas do tipo, mas ser submissa demais e aceitar coisas que são incabíveis, sinceramente isso destrói o livro. A verdade é que tinha cenas que eu tinha ódio da Mia, situações que não davam para simplesmente aceitar e ela aceitou, tá ela era afim do Gabe desde adolescente, eles tem toda um ''história'', mas realmente tem coisas que não dá para aceita. 
E isso na minha opinião foi o principal ponto negativo do livro, eu não li nenhuma outra série da Maya, mas pelas sinopses deu para perceber que todos os livros dela tem essa coisa da dominação e submissão. 
A escrita da Maya é ótima, ela realmente consegue te envolver na história, te faz ser levado ao cenário, descreve com perfeição as cenas e os personagens, criam diálogos interessantes. O problema da Maya são as mocinhas submissas demais e os mocinhos que não conhecem limites para a sua dominação. 
O primeiro livro da série Breathless tinha tudo para ganhar um favorito meu, mas infelizmente teve seus defeitos e não foi uma leitura tão promissora como eu esperava. Infelizmente o livro não atendeu as minhas expectativas, tinha esperanças que o livro iria ser ótimo, mesmo com as criticas negativas. Mia e Gabe é um casal que teve seus momentos de paixão, momentos esses que encheram a mente do leitor de imagens e a imaginação correu solta.




2 comentários:

  1. ixxi... Eu nunca li nada dessa autora, simplesmente nunca tive vontade de lê-la, pelo que eu sei é bem hot os seus livros, mas a verdade é que eu já ouvi tantos comentários negativos que já não gsto dela.

    bjsQ

    ResponderExcluir
  2. Essa série da Maya eu nunca li, na verdade só li os livros de época dela e amei! Realmente pelo que você falou na resenha o livro não é muito atrativo...

    beijos

    ResponderExcluir