[Resenha] Entre a Culpa e o Desejo - Sarah MacLean


Titulo: Entre a Culpa e o Desejo
Titulo Original: One Good Earl Deserves a Lover
Serie: O Clube dos Canalhas
Autora: Sarah MacLean
Editora: Gutenberg
Páginas: 302
ISBN: 978-85-8235-321-9
Gênero: Romance histórico; Ficção; Literatura Estrangeira

Sinopse: Seu próximo experimento científico? Entregar-se a um canalha! 
Lady Philippa Marbury não é como as jovens de sua época. A brilhante filha do marquês de Needham e Dolby se preocupa mais com seus livros e experimentos do que com vestidos e bailes. Para ela, um laboratório é muito mais atraente que uma proposta de casamento, e é por isso que, ao ser prometida a um noivo com quem não tem nada em comum, Pippa tem apenas duas semanas para empreender seu último experimento: descobrir todos os prazeres e todas as delícias da vida antes de passar o resto de seus dias ao lado de alguém que ela mal conhece.
Como boa cientista que é, Pippa investiga a vida do homem que parece ser a cobaia ideal para realizar suas experiências: Sr. Cross, o atraente sócio do cassino mais famoso e cobiçado de Londres, um libertino cuja má-fama foi cuidadosamente construída sobre o vício e a devassidão. Um canalha perfeito para explorar suas fantasias e satisfazer sua curiosidade sem manchar sua reputação de moça de família. Mas o que Pippa não sabe é que, por baixo das aparências, Cross esconde segredos obscuros e que, ao receber a proposta da garota, ele está diante de uma oferta que pode destruir tudo aquilo que durante anos ele se esforçou para proteger.
Terrivelmente tentado a se envolver nessa aventura que promete o mais puro prazer sem qualquer outra emoção, tudo o que Cross deseja é dar a Pippa exatamente o que ela quer, mas ele sabe que ninguém sai ileso do caminho da satisfação e, assim, Cross terá de usar cada miligrama de sua força de vontade para não perder o controle e resistir à tentação de entregar à jovem muito mais do que ela ousa imaginar.

De todos os livros de romance de época que eu li, de todas as mocinhas desse tipo de livro que já conheci, Lady Phillipa Marbury ou Pippa, é, sem dúvidas, a mais excêntrica. Ela não é como as moças daquela época, ela prefere livros a vestidos, prefere experiencias cientificas a bailes londrinos. Mas a maior diferença dela, compara as demais jovens daquela época é o fato de que ela não suporta a ideia de se casar sem nem ao menos saber o que se passa no leito matrimonial. E a sua curiosidade agora é ainda maior, pois ela irá se casar em 15 dias, e precisa saber o que se passa em suas noite de núpcias. Mesmo fazendo uma pequena pesquisa teórica, ainda não é tirada as dúvidas dela. E em nome da ciência, para uma pesquisa totalmente sem aberturas para sentimentos, ela vai até o Sr. Cross, um dos misteriosos sócios do clube de jogatina, o Anjo Caído. Sobre o que essa pesquisa? Ela quer se perder, quer ser arruinada. E quem melhor como parceiro de pesquisa do que o Sr. Cross, conhecido pelas mulheres da sociedade londrina, um cientista para ajudá-la nesse experimento?

Sr. Cross, um dos quatro misteriosos sócios do clube de jogatina o Anjo Caído, é sem dúvida um dos homens mais inteligentes da Grã-Bretanha, responsável por toda contabilidade do clube. Cross é conhecido por nunca errar um número, por ter um controle de suas emoções muito forte. Mas no momento que ele acorda em seu escritório e dá de cara com uma bela mulher loira de óculos, debruçada em sua mesa, avaliando o seu livro de contabilidade, suas emoções ficam incontroláveis e ele usa o máximo de força de vontade para recusar aquela proposta, feita por uma inocente e com um peso de luxúria imenso. 

Mas no momento, que ele nega ao seu pedido, ela não desiste. Afinal, grandes cientistas não desistem assim tão fácil. E em cada tentativa dela de conseguir o que deseja, ele atrapalhava, Mas teve uma hora que ele não aguentou mais, o desejo foi maior, e ele rendeu-se aos encantos de Pippa. Mas mesmo assim, ele ainda controla seu desejo, afinal Pippa estava de casamento marcado, ele não poderia nunca a arruinar, E o casamento, para ele, não era uma opção. 

O que falar desse livro? Que ele é perfeito, todo mundo que leu sabe. Eu nunca tinha lido algo com esse enredo, uma moça da era pré-vitoriana, vista pela sociedade como esquisita, prestes a se casar como é esperado, querendo ser arruinada por um canalha. A Pippa se mostrou ser não só ''a esquisita'', ela nos cativou do inicio ao fim com a sua inocência. Assim como foi com o Cross, ele também nos cativa desde o inicio, os misterios que rondam aquele homem, o faz ficar bem interessante. 

Diferentemente do primeiro livro da série, a participação de personagens secundários é muito pouco, o foco das cenas é a Pippa e o Cross. As cenas de ''aulas''dele, é magnifica, A Sarah, ela tem esse poder de nos transportar para a leitura, sentimos cada cena como se estivéssemos lá, isso é um talento e tanto! 

''Ela riu e passou os dedos pelo cabelo de Cross.-Em nome da ciência, claro.Ele balançou a cabeça.-Dane-se a ciência -, ele disse, os olhos cinzentos cintilando de paixão, promessa e algo muito maior. ''Isso é amor.''

Como teve muito, pode se assim dizer, conceitos científicos, a Sarah teve uma preocupação de todos os termos nunca serem depois de seu tempo, serem algo daquela época. Coisa que para nós, é um conhecimento básico, para eles era complexo. 

Entre a Culpa e o Desejo tem tudo para o conjunto 'livro perfeito'. É tudo, desde os personagens, ao enredo, a historia, ao desenrolar. A Sarah, não trabalha com nada faltando nos livros dela. Ela explora ao máximo o casal, narra de uma forma esclarecedora. É incrível, como a Sarah nos faz sempre querer mais daquele livro, daquele casal. É tipo assim ''quero ler logo, mas não quero que acabe'', e esse efeito é bem maior com o Cross e a Pippa do que o casal do primeiro livro.


0 comentários:

Postar um comentário